logo
Century21 Portugal


O preço de venda das casas aumentou 13,5% em Lisboa e 13,9% no Porto no 1º trimestre de 2022 relativamente ao mesmo período de 2021, revela a Confidencial Imobiliário no âmbito do Índice Preços Residenciais apurado a nível concelhio.

A valorização homóloga agora registada segue uma tendência de aceleração em ambos os mercados, mas especialmente visível em Lisboa. Há um ano atrás, no 1º trimestre de 2021, os preços das casas em Lisboa apresentavam uma variação homóloga de -0,3% enquanto no Porto esse indicador era de 5,2%.

Já em termos trimestrais, no 1º trimestre deste ano os preços subiram 1,3% em Lisboa e 3,9% no Porto. Na capital esta subida representa uma suavização de ritmo face aos três anteriores trimestres, enquanto no Porto o aumento mantém-se no mesmo patamar há três trimestres consecutivos.

De acordo com o SIR-Sistema de Informação Residencial, o preço médio de venda das casas em Lisboa atingiu os 4.199 euros/m2 no 1º trimestre deste ano, superando os 5.000 euros/m2 nas freguesias de Santa Maria Maior, Campo de Ourique, Estrela, Avenidas Novas e Santo António, esta última a que lidera os preços residenciais na cidade neste trimestre, com vendas a 5.909 euros/m2. Olivais, Beato e Santa Clara são as freguesias com os preços mais baixos da cidade, registando vendas no patamar dos 2.000 euros/m2, num mínimo de 2.169 euros/m2 em Santa Clara.

No Porto, as vendas das casas no 1º trimestre de 2021 foram concretizadas por um preço médio de 2.810 euros/m2, atingindo valores acima dos 3.000 euros/m2 na União de Freguesias do Centro Histórico e na de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, a qual é a mais cara da cidade, com vendas a 3.940 euros/m2. As restantes freguesias do Porto transacionaram no patamar dos 2.000  euros/m2, num mínimo de 2.124 euros/m2 em Campanhã.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

preo-de-venda-das-casas-aumentou-13-5-em-lisboa-e-13-9-no-porto-no-1-trimestre-blog-century21