logo
Century21 Portugal


De acordo com os resultados provisórios do Inquérito às Despesas das Famílias 2022/2023, a despesa anual média dos agregados familiares foi, nesse período, de 24.190 euros. Cerca de 2/3 da despesa média das famílias concentrou-se em encargos associados à habitação (39,1%), à alimentação (12,9%) e aos transportes (12,4%).

À escala das regiões NUTS II, a despesa anual média foi mais elevada na região Norte (25.057 euros), mas também superava a média nacional na Área Metropolitana de Lisboa e na Região Autónoma da Madeira. Pelo contrário, a despesa média regional mais baixa foi observada na Região Autónoma dos Açores (20.439 euros), que também apresenta o perfil regional de despesa mais distante da média nacional.

Os resultados sugerem que, atendendo à composição familiar, os agregados com crianças dependentes gastam anualmente, em média, mais 8 861 euros do que os agregados familiares sem crianças dependentes, o que se traduz numa despesa mensal média superior em 738 euros.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*