logo
Century21 Portugal


Entre Janeiro e Setembro deste ano deram entrada a licenciamento em Lisboa 144 projectos de reabilitação para uso residencial, perfazendo um total de 924 fogos. Esta carteira reflecte um forte abrandamento na promoção residencial neste segmento, com uma quebra de 26% em número de fogos face ao mesmo período do ano passado.

Entre Janeiro e Setembro de 2020, foram submetidos a licenciamento em Lisboa um total de 215 projectos residenciais de reabilitação que compreendiam 1.249 fogos. Os dados resultam do Pipeline Imobiliário, apurado pela Confidencial Imobiliário com base nos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE – Agência para a Energia.

No segmento de construção nova, a carteira sujeita a licenciamento em Lisboa ascendeu a 43 projectos num total de 1.352 fogos, um volume que apresenta uma quebra de 7% face às 1.446 unidades contabilizadas em igual período de 2020. Nos primeiros nove meses do ano passado, contavam-se 90 projetos de habitação de construção nova em carteira em Lisboa.

Da perda de dinâmica mais acentuada do segmento de reabilitação resultou uma alteração na estrutura da promoção imobiliária da cidade, com este tipo de obra a passar de 46% dos fogos em carteira em 2020 para 41% em 2021 (considerando o período acumulado de Janeiro a Setembro). A construção nova reforçou a sua quota, de 54% para 59%.

No agregado (considerando os dois tipos de obra), Lisboa regista, assim, nos nove primeiros meses de 2021 um pipeline residencial de 187 novos projetos de habitação para um total de 2.276 fogos. A quebra em número de fogos no total da promoção residencial é de 16% face a 2020. Nos primeiros nove meses de 2020, o pipeline residencial em Lisboa somava 305 projectos num total de 2.695 fogos.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

pipeline-de-reabilitao-em-lisboa-cai-26-at-setembro-blog-century21