logo
Century21 Portugal


Belém, Avenidas Novas e Parque das Nações, freguesias de Lisboa, registam os preços médios de venda de apartamentos mais altos em Portugal, enquanto Salir (Loulé), Beato (Lisboa) e Bonfim (Porto) são as freguesias com os preços médios mais baixos.

De acordo com o relatório de análise do mercado imobiliário relativo ao Verão ‘Summer Market Report’, divulgado hoje pela Casafari – plataforma imobiliária de Inteligência Artificial -, no que se refere ao arrendamento de apartamentos, é de referir que, em Lisboa, as freguesias de Santo António, Avenidas Novas e Parque das Nações registam os preços médios mais elevados, enquanto a Penha de França, Ajuda e o Beato têm os preços médios de arrendamento mais baixos. Santo António é, igualmente, a freguesia com o preço médio por metro quadrado mais elevado e Santa Clara com o mais baixo.

No segmento de moradias para venda, a informação revelada mostra que Almancil (Loulé), União das Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (Porto) e a Comporta apresentam os preços médios mais elevados, enquanto Alte, Salir e Ameixial (freguesias de Loulé) registam os preços médios de moradias para venda mais baixos.

Ainda nas moradias para venda, a Comporta, Almancil (Loulé) e a União das Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (Porto) registam os preços médios por metro quadrado mais altos, e as três freguesias de Loulé (Alte, Salir e Ameixial) têm os preços médios por metro quadrado mais baixos.

Esta análise revela assim dados relevantes sobre o sector imobiliário no nosso país, no que se refere ao mercado de compra e arrendamento de apartamentos, e aquisição de moradias, e como está o mercado a reagir à evolução da pandemia ao longo do Verão de 2021.

Apartamentos para venda:

As freguesias de Belém, Avenidas Novas e Parque das Nações são as mais caras para comprar casa em Portugal, ao registarem preços médios de venda de apartamentos de 866.229 euros, 794.993 euros e 721.869 euros, respectivamente. Em sentido inverso, Salir (Loulé), Beato (Lisboa) e Bonfim (Porto) apresentam os preços médios de apartamentos para venda mais baixos: 154.167 euros, 214.192 euros e 215.136 euros, respectivamente

Ainda nos apartamentos para venda, é em Lisboa que se encontram os preços médios por metro quadrado mais elevados: Santo António, Avenidas Novas e Misericórdia, com valores entre os 6.316 euros e os 7.143 euros, enquanto Salir (Loulé), São Clemente (Loulé) e Ramalde (Porto) são as freguesias com os preços médios por metro quadrado mais baixos, entre 1.751 euros e os 2.317 euros.

As freguesias de Olivais (Lisboa), União das Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (Porto) e Quarteira (Loulé) registaram os maiores aumentos do preço médio, entre os 10,5% e 9%. Em sentido inverso, as freguesias do Beato (Lisboa), de Almancil (Loulé) e de Marvila (Lisboa) foram as que tiveram as maiores descidas percentuais do preço médio de venda de apartamentos, entre 2% e 5%.

Apartamentos para arrendamento:

As freguesias de Santo António, Avenidas Novas e Parque das Nações registam os preços médios mais elevados, de 1.646 euros, 1.582 euros e 1.396 euros, respetivamente, enquanto a Penha de França, Ajuda e o Beato têm os preços médios de arrendamento mais baixos, de 865 euros, 855 euros e 764 euros, respectivamente.

Santo António é, igualmente, a freguesia com o preço médio por metro quadrado mais elevado (18 euros) e Santa Clara com o mais baixo (10 euros).

A freguesia Santa Clara teve o maior aumento do preço médio de apartamentos para arrendamento (11%) e a Misericórdia a maior descida do preço médio de apartamentos para arrendamento (4%).

Moradias para venda:

Almancil (Loulé), União das Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (Porto) e a Comporta apresentam os preços médios mais elevados, de 1.445.316 euros, 1.059.073 euros e 851.308 euros, respetivamente, enquanto Alte, Salir e Ameixial (freguesias de Loulé) registam os preços médios de moradias para venda mais baixos, de 183.728 euros, 175.091 euros e 133.750 euros, respectivamente.

A Comporta, Almancil (Loulé) e a União das Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (Porto) registam os preços médios por metro quadrado mais altos, de 4.722 euros, 4.576 euros e 3.243 euros, respetivamente, e as três freguesias de Loulé (Alte, Salir e Ameixial) têm os preços médios por metro quadrado mais baixos: 1.163 euros, 1.154 euros e 744 euros, respectivamente.

Bensafrim e Barão de São João (Lagos), Paranhos (Porto), e Alte (Loulé) foram as freguesias com as maiores subidas do preço médio, entre os 7% e 6%. Em sentido inverso, as freguesias de Ramalde (Porto), Ameixial (Loulé) e São Gonçalo de Lagos (Lagos) foram as que registaram as maiores descidas do preço médio de moradias para venda, de entre 6,5% e 8%.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

onde-mais-caro-comprar-casa-em-portugal-em-belm-avenidas-novas-e-parque-das-naes-blog-century21