logo
Century21 Portugal


Terminou a segunda consulta ao mercado de imóveis para o programa Renda Segura, o programa da Câmara Municipal de Lisboa para arrendar casas a proprietários privados e as subarrendar no regime de renda acessível. Das 107 candidaturas, 40 vieram do Alojamento Local.

Na divisão por tipologia verificaram-se nove T0; 37 T1; 44 T2; 24 T3; oito T4; um T5. Foram apresentadas candidaturas de imóveis em todas as zonas da cidade, com especial incidência no centro histórico de Lisboa. As freguesias com maior número de imóveis apresentado foram Santa Maria Maior, Santo António e Penha de França.

De acordo com a autarquia, as candidaturas ao Programa Renda Segura vão estar abertas durante todo o ano de 2021, a partir do dia 2 de Janeiro, com as mesmas condições financeiras e a continuação do mesmo regime fiscal com isenção total de pagamento de IRS/IRC e IMI.

A Câmara de Lisboa vai abrir o 4.ºconcurso para a Renda Acessível, a 21 de Dezembro de 2020, com 50 apartamentos provenientes arrendadas pela CML a proprietários privados no Renda Segura. Nos três primeiros concursos da Renda Acessível, garantiram 225 casas a jovens e famílias da classe média, com rendas nunca supriores a 30% do rendimento líquido dos candidatos.

 No regime de renda acessível os contratos nunca são inferiores a cinco anos.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

mais-40-casas-de-alojamento-local-em-lisboa-passaram-para-renda-acessvel-blog-century21