logo
Century21 Portugal


Em Março último, estima-se que os custos de construção de habitação nova tenham aumentado 5,1%, mais 2,8 pontos percentuais (p.p.) face ao observado no mês anterior, segundo dados o Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta sexta-feira.

O preço dos materiais e o custo da mão de obra apresentaram, respetivamente, variações de 3,3% e de 7,6% face ao período homólogo.

Os números do INE detalham ainda que, em Março, a variação homóloga estimada do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova (ICCHN) foi 5,1%, taxa superior em 2,8 p.p. à observada em Fevereiro.

No mês em análise, os preços dos materiais aumentaram 3,3% (2,8% no mês anterior). O custo da mão de obra aumentou 7,6% (1,7% em fevereiro). “Esta aceleração reflete essencialmente o efeito de base associado à redução de custos verificada em março de 2020”, destaca o instituto.

O custo da mão de obra contribuiu com 3,1p.p. para a formação da taxa de variação homóloga do ICCHN e a componente dos materiais contribuiu com 2,0 p.p..

Sobre a taxa de variação mensal do ICCHN, a análise do INE mostra que foi de 1,3% em março, sendo que o custo dos materiais aumentou 0,1% e o custo da mão de obra 3,1%.

Já as componentes mão de obra e materiais contribuíram com 1,3 e 0,0 p.p., respetivamente, para a formação da taxa de variação mensal do ICCHN.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

custos-de-construo-de-habitao-nova-aumentam-5-1-em-maro-blog-century21