logo
Century21 Portugal


O preço de venda das casas em Portugal Continental observado em Dezembro fica 1,8% acima do pré-Covid, apurou a Confidencial Imobiliário (Ci) no âmbito do Índice de Preços Residenciais.

O último mês do ano deu um importante contributo para esta evolução acumulada, registando a variação mensal mais elevada durante a pandemia, nomeadamente de 1,0%.

O relatório da Ci, indica que desde Março, o preço de venda das casas exibiu uma tendência de estabilização, num ciclo de variações em cadeia que oscilaram entre -0,2% e 0,9%. Setembro foi a única excepção a este comportamento ao longo do período pós-pandémico, com o Índice de Preços Residenciais a exibir então uma variação mensal de -2,1%. Os últimos meses do ano confirmaram que Setembro foi uma excepção, regressando a variações mensais positivas.

Não obstante, apesar da resistência ao choque pandémico, o comportamento de curto-prazo dos preços durante a pandemia evidencia uma desaceleração face ao anterior ritmo do mercado. Em 2019, os preços tinham crescido a uma média de 1,2% por mês, tendência que os dois primeiros meses de 2020 confirmaram.

Neste contexto, naturalmente a valorização homóloga travou de forma clara ao longo de 2020, encerrando o ano em 4,8%, ou seja, quase 13 pontos percentuais menos do que os 17,4% a que os preços subiam em Janeiro.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

2020-fechou-com-aumento-de-1-8-no-preo-de-venda-das-casas-em-portugal-blog-century21