logo
Century21 Portugal


O Conselho de Ministros aprovou o prolongamento do regime especial para o pagamento das rendas no mercado habitacional até 1 de Julho, perante o impacto da pandemia de covid-19.

“O acréscimo de situações em que a taxa de esforço subjacente ao pagamento das rendas é totalmente desproporcional tornam da máxima importância a prorrogação do regime no primeiro semestre do ano de 2021, prolongando-se assim o apoio para rendas vencidas a partir de 1 de Abril de 2020 até 1 de Julho de 2021”, indicou, em comunicado, o Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

O executivo definiu ainda um regime “equitativo e progressivo” de conversão dos empréstimos do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) em fundo perdido, sendo que a comparticipação pode ser da totalidade do valor para agregados com uma taxa de esforço igual ou superior a 100%.

Esta conversão é também aplicável aos empréstimos já atribuídos.

Conforme explicou o ministério tutelado por Pedro Nuno Santos, para ter acesso a este empréstimo, um inquilino pode apresentar a declaração do próprio, “tendo logo acesso ao apoio atribuído sem verificação preliminar da quebra de rendimentos”.

Posteriormente, tem 60 dias para apresentar os comprovativos.

Caso sejam encontradas falsas declarações, o beneficiário ficará obrigado a devolver os valores pagos até à data.

“Perante o actual contexto económico e social e, em especial, considerando a duração e permanência do enquadramento pandémico, revela-se fundamental reforçar as medidas de salvaguarda de um direito fundamental como é o direito à habitação”, concluiu.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

regime-excepcional-para-pagamento-de-rendas-prolongado-at-julho-blog-century21