logo
Century21 Portugal


A prestação ao banco pelo crédito à habitação indexado à Euribor sobe em Abril nos contratos com indexante no prazo a seis meses e desce a três meses, face à última revisão.

Segundo simulação da Deco/Dinheiro&Direitos, no caso de um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, este paga a partir deste mês 457,72 euros, o que significa mais 1,93 euros face à última revisão da prestação, em Outubro.

Já no caso de um empréstimo nas mesmas condições, mas indexado à Euribor a três meses, o cliente passa a pagar 454,27 euros, menos 1,46 euros do que o pago desde Janeiro.

Contudo, neste mês de Abril deverá haver famílias que já não vão pagar o crédito à habitação, fazendo uso do decreto-lei do Governo que permite moratórias nos créditos à habitação por seis meses, com suspensão dos pagamentos das prestações (juros e capital) até 30 de Setembro.

Os particulares podem pedir a moratória no crédito se tiverem residência em Portugal, não tiverem o crédito em incumprimento nem dívidas ao fisco e Segurança Social e estiverem em situações que impliquem provável quebra de rendimentos (suspensão do contrato de trabalho devido à actual crise – ‘lay-off’, desemprego, apoio extraordinário à redução de actividade de trabalhador independente, isolamento por quarentena ou doença, assistência a filhos ou netos ou sejam trabalhadores de entidades ou estabelecimentos encerrados durante o estado de emergência).

Os bancos têm o prazo máximo de cinco dias úteis após o pedido do cliente para aplicar as moratórias impostas pelo Governo.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses. Em Fevereiro, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,365% e a média da taxa a três meses de -0,417%.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

crdito-habitao-prestao-da-casa-sobe-em-abril-para-euribor-a-seis-meses-blog-century21