logo
Century21 Portugal


No primeiro mês de 2020, a actividade na Reabilitação Urbana registou uma quebra de 0,3% face ao mesmo período do ano passado, no entanto as obras em carteira, apresentaram um acréscimo de 2,5%.

De acordo com o Barómetro da Reabilitação Urbana, realizado pela AICCOPN, referente a Janeiro deste ano, revela uma redução em termos homólogos do índice que mede o nível de actividade de 0,3%. Esta é a segunda variação negativa registada após um crescimento ininterrupto, desde Setembro de 2017.

Relativamente ao índice Carteira de Encomendas, que mede a opinião dos empresários quanto ao nível das obras em carteira, apura-se um acréscimo de 2,5%, face ao verificado em Janeiro de 2019, o que permite perspectivar nos próximos meses um retorno a uma trajectória positiva do índice nível de actividade.

O Barómetro da AICCOPN indica ainda que em Janeiro de 2020, a produção contratada, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, foi de 8,2 meses, o que corresponde a decréscimo face aos 9,5 estimados em Janeiro de 2019 e uma estabilização face ao mês anterior.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

reabilitao-urbana-cai-0-3-mas-obras-em-carteira-sobem-2-5-blog-century21