logo
Century21 Portugal


As cidades de Lisboa e Porto no top 10 dos destinos eleitos pelos turistas europeus mas a ilha terceira é o destino europeu de curta-distância com maior crescimento.

De acordo com a eDreams ODIGEO e o seu relatório global “O viajante europeu: tendências e previsões” sobre o comportamento dos viajantes europeus durante o ano de 2017, baseado na análise a mais de 18 milhões de viajantes que a empresa registou através das suas marcas eDreams, Opodo, GO Voyages e Travellink durante este ano, a cidade de Londres foi a eleita pela maioria dos turistas e a Ilha Terceira foi o destino europeu de curta-distância com maior crescimento entre os viajantes de toda a Europa, crescendo mais de 155% face ao ano anterior.

Porto no top 10 dos destinos dos turistas

Portugueses elegeram as cidades do Porto, Lisboa e Ponta Delgada como os destinos mais procurados a nível interno

Durante 2017 os portugueses elegeram as cidades do Porto, Lisboa e Ponta Delgada como os destinos mais procurados a nível interno. Paris manteve o estatuto de cidade europeia preferida dos portugueses fora de Portugal, seguida por Londres.

O II Relatório Anual de Tendências e Previsões da eDreams indica que as cidades de São Vicente e Sal são as que mais cresceram ao nível das reservas dos viajantes lusos para 2018, em comparação com a mesma época do ano anterior, tendo como base as reservas já feitas durante 2017 para o ano seguinte. Em volume de reservas, Paris, Amsterdão e Ponta Delgada são os destinos até agora mais procurados pelos portugueses para 2018, tendo igualmente como base reservas efectuadas ainda durante este ano.

A utilização de dispositivos móveis para fazer reservas através de uma agência de viagens online registou também um crescimento assinalável: o estudo refere que cerca de 23% dos portugueses usaram dispositivos móveis para fazer as suas reservas durante 2017 – um crescimento de 229% durante a última década. Espanha regista a maior percentagem de viajantes a fazer reservas online usando um dispositivo móvel – 37% – enquanto a Suécia foi o país em que este tipo de utilização mais cresceu em 10 anos: 283%.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

lisboa-e-porto-no-top-10-dos-destinos-dos-turistas-europeus