logo
Century21 Portugal


Ricardo Sousa, CEO da Century21 Portugal | Espanã

Tendo em conta as dinâmicas de sazonalidade que se verificam no mercado imobiliário, a Century 21 Portugal apresenta o balanço de resultados dos primeiros seis meses de 2018, e define como principal critério de comparação o período homólogo do ano passado, para analisar a evolução dos indicadores do negócio. No primeiro semestre de 2018, a Century 21 Portugal registou uma facturação de 19,3 milhões de euros, o que representa um crescimento de 30%, em comparação com os 14,9 milhões de euros alcançados no período homólogo do ano anterior.

 

O volume de negócios mediado, exclusivamente, na Century 21 Portugal aumentou cerca de 34 % para os 462,1 milhões de euros, face aos 373,3 milhões de euros registados no primeiro semestre de 2017. Já o indicador correspondente ao volume de negócios total em que a rede esteve envolvida- considerando a partilha de transações com outros operadores- atingiu os 770.223.046 € nos primeiros seis meses do ano, e cresceu quase 180 milhões de euros, em comparação com os 590.260.307€ registados no semestre homólogo, do ano passado.

 

Entre Janeiro e Junho deste ano, a empresa realizou 5688 transações de venda de imóveis, que correspondem a um crescimento de 17% face às 4844 realizadas no mesmo período do ano anterior. O valor médio dos imóveis transacionados na rede Century 21 Portugal, no primeiro semestre do ano, aumentou11% para os 135,4 mil euros, quando comparado com a média nacional de 121,6 mil euros registada no período homólogo do ano anterior. Este indicador é, sobretudo, influenciado pelo acréscimo dos preços dos imóveis nos mercados periféricos – e nos segmentos médio e médio baixo – em consequência do aumento da procura de soluções de habitação, nestas zonas. Os imóveis mais vendidos a nível nacional, são apartamentos de tipologias T2 e T3. A maior procura regista-se por parte das famílias portuguesas de classe média e incide, principalmente, em imóveis dos segmentos médio e médio baixo, tendo em conta a real capacidade financeira deste grupo demográfico.

 

O número de transações de arrendamento de imóveis, nos primeiros seis meses deste ano, caiu para as 1009, revelando uma ligeira quebra de 3 % face às 1044 verificadas no período homólogo do ano passado, o que confirma a tendência descendente do número das transações de arrendamento que se regista, consecutivamente, desde 2014.

 

Nos primeiros seis meses deste ano, o valor médio de arrendamento, a nível nacional, fixou-se nos 653 euros, o que revela uma ligeira quebra de 4% face à média de 680 euros registada no mesmo período do ano anterior. Porém, no Distrito de Lisboa o valor médio das transações de arrendamento sobe para 883€ e na cidade de Lisboa atinge os 1040 euros.

 

Ricardo Sousa, CEO da Century 21 Portugal, comenta: “A oferta actual do mercado de arrendamento não é suficiente, nem adequada, para dar resposta às necessidades e capacidades económicas dos portugueses, o que está a levar muitos jovens – que procuram a primeira solução de habitação – a antecipar a decisão de compra de uma casa, numa fase da vida em que ainda enfrentam grandes indefinições, a nível pessoal e profissional, e na qual o arrendamento seria a melhor opção. As recentes políticas de habitação para estimular o arrendamento, apesar de bem-intencionadas, estão muito focadas em soluções de curto prazo. É necessária uma reflexão mais profunda sobre este tema, que também envolva os operadores, que possam dinamizar soluções de oferta para o mercado de arrendamento, para se criarem orientações que incentivem mudanças estruturais de longo prazo.”

 

Segmento internacional

 

A Century 21 Portugal registou uma sólida evolução no segmento internacional, que já representa cerca de 20% do total das transações da rede imobiliária. Entre Janeiro e Junho deste ano, foram efectuadas 1138 transações de clientes internacionais, que cresceram 15,4% face às 986 registadas nos primeiros seis meses de 2017. Os mercados internacionais com posição mais relevante na aquisição de imóveis em território nacional foram a França, Brasil, Reino Unido e Bélgica.

 

“O segmento internacional apresenta uma procura por imóveis até 300 mil euros, maioritariamente de tipologias T2, nas regiões de praia e centros históricos de Lisboa, Porto e outras cidades do país. Nos centros de Lisboa, Porto e na Linha de Cascais, este valor sobe até aos 500 mil euros. Em virtude do aumento de preços nestas zonas, estamos a registar cada vez maior procura e transações de imóveis noutros mercados, num raio de 150 a 200km dos aeroportos nacionais. Os clientes internacionais valorizam o “lifestyle” que o País oferece, a qualidade da construção, as modernas infraestruturas e o valor competitivo do imobiliário em Portugal, comparativamente com outros países”, salienta Ricardo Sousa.

 

Century 21 Portugal a crescer

 

Ao longo deste primeiro semestre, a Century 21 Portugal aumentou para 110 o número de lojas em operação, a nível nacional. A rede imobiliária inaugurou 10 unidades, que reforçaram a presença da marca na região da capital – Lisboa, Linda-a-Velha, Parede e Bobadela – no litoral norte do País – Esposende e Leça da Palmeira – e na região do Baixo Mondego – Figueira da Foz. O Algarve contou com duas novas lojas, em Olhão e em Lagos. A cidade berço de Portugal conquistou, também, uma nova unidade Century 21, que iniciou operações no centro de Guimarães.

 

► SIGA-NOS EM:

Facebook: https://www.facebook.com/C21Portugal

Twitter: https://twitter.com/C21Portugal

Youtube: https://www.youtube.com/century21portugal

Instagram: https://www.instagram.com/c21portugal/

LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/century21portugalespanha/

 

► VENDA COM A CENTURY 21 Portugal:

Venda aqui: http://vender.century21.pt

 

► TRABALHE NA CENTURY 21 Portugal:

Seja um consultor imobiliário: http://recrutamento.century21.pt

 

► FAÇA PARTE DA CENTURY 21 Portugal:

Seja um franchisado: http://franchising.century21.pt

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *

century-21-portugal-com-aumento-de-30-na-faturao-blog-century21