logo
Century21 Portugal


Portugal o melhor país para investimento buy-to-let

Lisboa vista da Graça

Em 2017 entraram em processo de licenciamento no concelho de Lisboa um total de 3.333 fogos, num aumento de 60% face aos 2.084 fogos que entraram em carteira em 2016.

De acordo com os dados apurados pelo Confidencial Imobiliário (Ci), no âmbito do sistema de Pipeline Imobiliário, estes fogos estão incluídos num total de 412 projetos, o que evidencia um crescimento de 27% comparativamente a 2016.

O estudo revela ainda que os dez maiores projectos residenciais que foram submetidos a licenciamento em 2017 em Lisboa concentram, no total, 758 fogos, estando localizados em oito freguesias distintas. É de salientar ainda uma dispersão dos projetos entre as zonas mais centrais de Lisboa e as mais periféricas.

As freguesias de Arroios, Belém, Marvila, Misericórdia, Olivais, Santa Clara e São Vicente acolhem, cada uma, apenas um destes novos edifícios residenciais, incluindo o maior que se encontra em pipeline no concelho, com 13.000 m2 (nomeadamente nos Olivais). Apenas a freguesia de Santo António possui mais do que um destes edifícios, sendo destino de três destes dez projetos de grande dimensão, incluindo o segundo maior do concelho, com mais de 10.000 m2.

Os dez projectos residenciais de grande dimensão são na sua maioria de construção nova (70% do número de edifícios), sendo ainda de destacar que os fogos T2 e os fogos T1 predominam na oferta, pesando cada tipologia um terço do stock de fogos distribuídos por estes dez projectos.

joaobandarra@mixandblend.net'

Deixe um comentário

*

captcha *